ABISMO

Campanha de Dungeons&Dragons
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Colina dos Corvos] - Informações Importantes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mirallatos
Admin
avatar

Número de Mensagens : 437
Pontos : 223
Data de inscrição : 27/03/2008
Idade : 33
Localização : Profundezas da Colina dos Corvos

MensagemAssunto: [Colina dos Corvos] - Informações Importantes   Sex Maio 01, 2009 3:32 pm

Cartas encontradas na tenda do Lochadar:

Citação :
Lochadar,
Os arcanos imperiais andaram remexendo em túmulos antigos a procura de algo. Chegaram informações sobre uma suposta colina onde viveu um irmão, ele se chamava Méias Garumaq. Segundo Mekthoss lá pode haver uma forma de reverter essa bruxaria antiga que visa impedir que marchemos na Vastidão. Faça o que for necessário para investigar o local, por obséquio.

Em nome dos dias escuros.

Elketh


Citação :
Lochadar
Caro irmão, a guerra se aproxima. Se for mesmo comprovada a existência do metal venenoso nas profundezas de Geahazz, devemos nos infiltrar entre os anões. Contatei Gondrov Machado Banido, para se infiltrar na Caravana dos elfos de Nên Vallanir, acredito que ela chegará em Hazz Morodor antes do inverno. O anão pediu o mapa de Hazz Borian como pagamento, tolo, deve estar procurando o machado. De qualquer forma, o mapa foi visto pela última vez na Pedra do Crânio.

Em nome dos dias escuros.
Elketh



Citação :
Lochadar
Caro irmão, ouço dizer aos quatro ventos que nos becos de Sellen só se fala em guerra, mas ao que parece as lâminas não estão se voltando contra Ankhôr. Segundo nossos informantes o tal duque quer aproveitar a oportunidade para atacar Cerants. Que ótimo, não? Pensando nisso me certifiquei de que os bípedes desgraçados vão se matar antes do Sol Escuro.

Em nome dos dias escuros.

Elketh


Citação :
Lochadar
Akiri’zesh está morto. Parece que seu povo rumou para a Pedra do Crânio, como previsto. Sendo assim enviei Orgamor para lá. Se não forem pegos pela praga eles devem chegar lá na metade do outono. Se for mesmo verdade que a Lâmina de Dol Azash está lá, devemos tirar vantagem disso. Nem mesmo os elfos sabem do paradeiro da lâmina.
Mas é bom que se saiba, o xamã enviou alguns guerreiros para falar com o rei de Sellênthia. Tenhamos cautela.

Em nome dos dias escuros.

Elketh


Citação :
Estilha Misteriosa
Apesar de ser equipamento, não se trata de um objeto qualquer.
Aura: Evocaçao (fraca)
Este objeto emana uma aura forte de evocaçao e funciona como uma varinha, permitindo ao portador conjurar uma rajada mística de energia que causa 1d6 pontos de dano. O usuário faz um ataque de toque à distancia e deve ser capaz de manipular energias arcanas para usá-lo.


As informações abaixo formam um resumo do que foi passado previamente por Diglevanestinger, Idolesk, Karlaya e Immontaris:

Citação :
O Segredo da Colina dos Corvos

Basicamente, a colina dos corvos guarda em suas entranhas um grande sarcófago. Ali está enterrado o corpo Mezra, uma antiga monarca filha da união entre um mortal e um demônio. Alguns trechos do Livro de Mikhar relatam algo sobre esta antiga rainha othlorandir.

Segundo o livro, Mezra era a mãe de Tyra e esta última a fundadora de Reveran e primeira monarca entre as bruxas. Mikhar relata detalhadamente uma trama feita pela própria feiticeira para seduzir Mictian, o deus da vingança, abençoando assim sua linhagem odiada, com o sangue de um deus. Embora poucos conheçam esta história, é provável que a magia de Cerants tenha se originado exatamente desta união. Desde cedo Tyra teria aprendido a manipular os poderes que herdara do pai e da mãe, tornando-se uma feiticeira talentosa e temida.

Quando Mictian descobriu a farsa, acabou assassinando Mezra e desaparecendo. Tyra herdou o reino e tempos depois conduziu seu povo para a Vastidão, onde fundou Reveran. Consigo, levou o corpo mumificado da mãe e o sepultou sob numa bela colina às margens de um rio de águas claras, o Águaprata.

Muitos séculos depois, os Arcanos Imperiais, liderados pelo gnomo Diglevanestinger, invadiram a Torre de Méias Garumaq. Eles não sabiam exatamente o que encontrariam, apenas caçavam “um sacerdote que se deixara corromper” pelo Segredo das Bruxas.

Muito se falava naqueles dias que as feiticeiras de Reveran barganhavam com deuses e manipulavam maldições, mas ninguém ouvira falar sobre um segredo ocultado nas entranhas de uma pequena colina no vale do Águaprata. Nem mesmo Méias Garumaq sabia destes fatos quando resolveu estudar a magia de Reveran. Anos depois, já senil devido uma maldição adquirida na própria torre, o sacerdote sequer teve forças para combater o ataque dos magos imperiais. Terminou seus dias definhando, sozinho, amaldiçoado pela própria sede de conhecimento.

Os arcanos, porém, ao explorar a torre, acabaram descobrindo escadaria de proporções incalculáveis, cuja profundidade requer algumas horas de viagem em seus degraus de pedra. Eles desceram em direção ao nada escuro e desta jornada, apenas Diglevanestiger retornou.

A Múmia de Mezra perdura nas profundezas. Mas para alcançá-la é necessário abrir seu sarcófago, que fica numa câmara escavada. Apenas uma chave especial garante o acesso ao local se trata do corpo de uma descendente da primeira bruxa, hoje Lyra Ceran.

_________________
"Como foi a imaginação que criou o mundo, ela governa-o" - Baudelaire
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://abismorpg.blogspot.com
 
[Colina dos Corvos] - Informações Importantes
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Leilões de Imóvel - Informações Online
» A Colina ?Local Público Oficial?
» Informações Sobre Sites! Como Obter?
» Corvos da Cidadela - Atualizado 02/01/2017
» MEGAMOLEZA - Informação nova

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ABISMO  :: Campanha :: Diário-
Ir para: